Publicado em 10/03/ 2022

Seguro embarcações: como funciona, coberturas e benefícios

Economize no Seguro de Carga

Se você chegou até aqui, provavelmente é dono de alguma embarcação e está procurando saber mais sobre o seguro embarcações para proteger seu patrimônio. Certamente você sabe muito bem a importância de manter seu bem segurado e poder navegar com tranquilidade, seja a passeio ou a trabalho, acertei?

Saiba desde já que o valor de um seguro deste tipo é muito pequeno quando comparado ao do seu bem. E como em qualquer outra situação, você também sabe que seu patrimônio está sujeito a riscos, por isso é de extrema importância protegê-lo da melhor forma.

Qual é o tipo da sua embarcação? Pode ser uma lancha, jet-sky, jet-boat, veleiro, navio. Não importa o tipo, ela pode e deve ter um desta modalidade.

Estatísticas revelam que as pessoas mais propícias a realizarem o seguro desta modalidade, são as que já sofreram algum tipo de acidente. Isso mostra como os prejuízos de um não segurado são grandes.

Sabe o que é mais alarmante? 

Apenas metade das embarcações no Brasil têm seguro embarcações. 

Neste artigo você entenderá melhor sobre o seguro de embarcação, seus benefícios, quais são suas coberturas e quais as melhores seguradoras do país. Continue lendo e entenda mais sobre o assunto, antes de contratar o seu.

O que é o seguro embarcações?

o que é seguro embarcações

Este seguro, também conhecido como Seguro Náutico, é o tipo de seguro que oferece cobertura para diversas embarcações, independente do porte, pequeno, médio ou grande, para veículos como lanchas, barcos, navios, veleiros, entre outros.

O seguro embarcação visa garantir a segurança do bem e trazer tranquilidade ao segurado, que poderá aproveitar seus momentos de lazer ou trabalho com muito mais segurança.

Como funciona o seguro embarcações?

O seguro embarcações é muito semelhante a qualquer outro tipo de seguro. Você precisa encontrar uma corretora que ofereça esse tipo de serviço e verificar qual modalidade é melhor para o seu caso. Para saber isso de forma apropriada, é muito importante contratar um bom prestador de serviço na área, que entenda sobre o assunto e lhe auxilie na escolha.

Você precisará repassar algumas informações básicas sobre o seu veículo para realizar a cotação e contratação da apólice. Sua corretora o ajudará nessa etapa. 

Depois, você precisará escolher qual tipo de cobertura deseja, se somente a básica ou alguma adicional. Sempre é importante ficar atento ao valor máximo do pagamento a ser recebido no caso da ocorrência de um sinistro.

Seguro embarcações: quais os principais tipos?

O seguro embarcações cobre prejuízos por perdas e danos que atinjam qualquer tipo de embarcação ou equipamento que opere na água. O seguro pode ainda ser feito nos períodos de construção, paralisação, reparo ou desmonte da embarcação.

Há vários tipos de embarcações e equipamentos que podem ser segurados:

  • Balsas;
  • Dragas;
  • Lanchas;
  • Jet-boat;
  • Jet-ski;
  • Navios – petroleiros, de carga geral, tanques, gaseiros, graneleiros, ore-oil, porta-contêiner, químico, roll-on, roll-off, etc;
  • Infláveis;
  • Veleiros;
  • Guindastes;
  • Chatas;
  • Diques flutuantes;
  • Saveiros;
  • Embarcações de apoio às plataformas de petróleo;
  • Supplyboats;
  • Rebocadores.

O que o seguro embarcações cobre?

Para saber exatamente o que o seu seguro embarcações vai cobrar, depende de quais coberturas você contratou. De modo geral, as coberturas funcionam da seguinte maneira:

Coberturas Básicas e Principais

  • Cobertura contra roubo ou furto qualificado;
  • Naufrágio;
  • Queda de raios;
  • Colisão com obstáculos fixos;
  • Avaria particular;
  • Retirada e colocação na água;
  • Participação em competição de pesca;
  • Perda total;
  • Assistência e salvamento;
  • Abalroação (colisão com outras embarcações);
  • Incêndio.

Coberturas adicionais

Dependendo de como você usa sua embarcação, um seguro adicional pode ser vantajoso. Se você tem um navio de carga, por exemplo, muitas dessas coberturas adicionais podem ser interessantes para o seu negócio:

  • Garantia de participação em regatas;
  • Garantia de transporte terrestre – muito importante nos casos de transporte até o local de destino, caso a embarcação não fique na marina;
  • Roubo ou furto qualificado de acessórios e equipamentos;
  • Remoção de destroços – este tipo de serviço pode custar entre R$ 20 e R$ 40 mil reais sem a cobertura do seguro.
  • Garantia de responsabilidade civil de proprietários de embarcação;
  • Despesas extraordinárias;
  • Cobertura para mastro e velas.

Cobertura para terceiros

A cobertura para terceiros no seguro embarcações é um tipo de cobertura adicional, pois oferece garantia de responsabilidade civil, abrangendo:

  • Colisão;
  • Perda de vidas e danos corporais;
  • Danos a objetos fixos e/ou flutuantes.

Quais os benefícios de ter um seguro embarcação?

benefícios do seguro embarcações

O principal benefício do seguro embarcações é que ele oferece toda assistência necessária em casos de problemas, acidentes, danos, roubos, furtos e quaisquer outros prejuízos que a cobertura abrange.

Seguro de carga

No caso de eventuais problemas, você estará amparado e receberá todo suporte da corretora para a resolução dos acontecimentos. Além disso, você evita prejuízos com os danos e, muitas vezes, perda da embarcação.

Com o seguro de embarcações você será indenizado em caso de imprevistos. O valor do seguro é muito barato em comparação ao valor do bem segurado: de 2% a 4% do valor do bem, anualmente.

Seguro obrigatório

É importante frisar que há o Seguro Obrigatório de Embarcações (DPEM). Nesse tipo de seguro todos os proprietários, independentemente do tipo de embarcação e uso (esporte ou recreio, de passageiros, de carga, pesca ou qualquer outra atividade, nacionais ou importadas) são obrigados a contratar.

O seguro obrigatório oferece cobertura sobre as pessoas, transportadas ou não, sobre os próprios proprietários, sobre os tripulantes e condutores das embarcações, bem como seus respectivos beneficiários ou dependentes. O seguro é válido estando a embarcação em operação ou não.

O DPEM possui a vigência de um ano. Seu não pagamento caracteriza a embarcação como não licenciada e, como se trata de um seguro obrigatório, os proprietários dessas embarcações não seguradas ficam sujeitos a multas. 

As multas decorrentes da falta do seguro obrigatório tem valor igual ao dobro do prêmio anual, a não expedição do registro, termo de vistoria ou certificado de regularização.

O DPEM tem uma cobertura ampla: compreende indenização por morte, invalidez permanente, despesas de assistência médica e suplementares.

Este tipo de seguro embarcação não abrange o pagamento de multas e fianças impostas aos condutores e proprietários das embarcações, com danos pessoais decorrentes de radiações ionizantes ou contaminação por radioatividade.

Conclusão

Como você pôde ver, cada cobertura possui suas regras e responsabilidades. Cada seguradora terá suas coberturas básicas obrigatórias, sendo que a maioria delas incide sobre incêndios, perda total, assistência e salvamento da embarcação, roubo ou furto, danos parciais, operações de colocação e retirada da água.

Já as coberturas adicionais estão disponíveis para suprir a necessidade conforme o desejo do proprietário da embarcação, e trata principalmente sobre a responsabilidade civil sobre terceiros, roubo ou furto de equipamentos adicionais à embarcação, entre outros.

O custo, portanto, do seguro náutico irá variar conforme a cobertura contratada, o tipo da embarcação, o material do casco, o tamanho, o ano de fabricação, a região que o barco navega, se há transporte frequente da embarcação ou não.

Mas, para ter uma média de valor do seguro, para as embarcações novas o seguro será de aproximadamente 1% a 2% do valor total do barco. Para as embarcações de aço, alumínio, madeira e infláveis o seguro costuma ser mais caro quando comparado às lanchas e veleiros em fibra de vidro.

Para as embarcações do tipo moto aquáticas, o seguro costuma ficar mais caro também, devido a facilidade e o crescente número de roubos e furtos do equipamento.

Para os casos de naufrágio, é importante ressaltar, que o proprietário é obrigado a retirar os destroços do mar, sob pena de pagamento de multas altíssimas. Além do risco de multa, a contratação do serviço de retirada de destroços é cara, uma vez que depende de técnicos experientes e especializados, como mergulhadores, e da utilização de equipamentos específicos.

Comprar uma embarcação é um grande investimento, certo? Logo, ter a cobertura do seguro embarcações é fundamental, é o que garante a proteção da sua embarcação e evita grandes prejuízos para você e para o seu negócio.

Agora que você já sabe todas essas informações, já sabe da importância de contratar um bom seguro.

Não esqueça de verificar com atenção a apólice e não fique com dúvida sobre nenhuma cláusula obscura ou ambígua, além de checar quais são os equipamentos a serem incluídos na apólice do seguro e a cobertura contratada.

Precisa contratar um seguro embarcações? Entre em contato com a Mutuus Seguros, que vamos te ajudar de forma rápida e totalmente online.

Tenha mais segurança com seguro de carga
Lucas Tomasini - da Mutuus Seguros

Lucas Tomasini - da Mutuus Seguros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Das mais de 9 milhões de empresas ativas no Brasil, dados estimam que apenas 10% delas possuem o seguro empresarial. O fato é que qualquer empresa enfrenta riscos diariamente, em especial quando está crescendo. Por isso, o seguro empresas é instrumento essencial para mitigar os prejuízos. Na prática, o gerenciamento de riscos empresarial é...

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​