Publicado em 28/01/ 2020

Entenda o que é o IOF seguro, como funciona e como ele é cobrado na sua apólice

IOF é a sigla de Imposto sobre Operações Financeiras. Ok, mas quais operações financeiras? Entre as mais comuns estão crédito, câmbio e seguros. Além destas, o IOF seguro também está presente em qualquer operação titular e de valores imobiliários, como bolsa de valores ou fundo imobiliário.

Este imposto federal tem o intuito ser um regulador da economia nacional. A taxa cobrada em cada operação é lançada como um recolhimento proporcional dos investimentos, dando conhecimento da demanda e oferta de crédito.

Continue acompanhando para entender melhor sobre o IOF sobre seguro!

Quem tem que pagar o IOF?

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) deve ser pago por pessoas físicas e jurídicas (empresas) que atuam em operações de crédito – sejam elas cambiais, empréstimos ou especificamente de seguros, assunto do qual estamos tratando aqui.

Afinal, o que é IOF sobre seguros?

Em se tratando dos seguros, o IOF é um imposto que incide no prêmio de seguro, valor que é pago à seguradora na contratação da apólice.

Como o IOF seguro é cobrado na sua apólice?

Como o IOF seguro é cobrado na sua apólice?

Em operações de seguro, o teto que incide sobre a alíquota é de 25%, porém, o consumidor pode ficar aliviado, já que os percentuais são bem inferiores.

Nos seguros privados e de assistência à saúde, a alíquota corresponde a 2,38%. Para resseguro, seguro obrigatório, seguro que está vinculado ao financiamento de imóvel e exportação, bem como transporte internacional, não existe a incidência de IOF seguro.

No seguro de acidentes pessoais e do trabalho, a alíquota é de 4%, desde que os contratos tenham sido firmados à partir de 1º de Setembro de 2004 a 31 de Agosto de 2005. No caso de contratos firmados em 1º de Setembro de 2005 a 31 de Agosto de 2006, a alíquota incidente é de 2%.

Já para contratos de seguro de acidentes pessoais e do trabalho que foram realizados em uma data após 31 de Agosto de 2006, não existe a incidência de IOF seguro. Em outras operações de seguro, por sua vez, a taxa do imposto é de 7%.

Para facilitar, elaboramos uma tabela, a seguir!

Tabela sobre a cobrança do IOF nos seguros

Operação (seguros)Valor do tributo
Seguros privados e de assistência à saúde2,38%
Acidentes pessoais e do trabalho (contratos de 01/09/04 a 31/08/05)4%
Acidentes pessoais e do trabalho (contratos de 01/09/05 a 31/08/06)2%
Acidentes pessoais e do trabalho (contratos após 31/08/06)isento
Resseguroisento
Seguro obrigatórioisento
Seguro de transporte internacionalisento
Demais operações de seguros7,38%
Cobrança do IOF seguro na apólice

FONTE: Decreto nº 6.306, de 14/12/2007.

Conclusão

Esperamos ter tirado todas as suas dúvidas sobre o IOF seguros.

E, se precisar contratar um seguro empresarial, entre em contato com a Mutuus! Somos uma corretora especialista em seguro de carga, seguro de vida empresarial e seguro garantia. Fale com um especialista hoje mesmo!

Redação da Mutuus Seguros

Redação da Mutuus Seguros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Você já ouviu falar da Zurich Seguros? Essa empresa é uma das maiores e mais respeitadas do mercado de seguros no mundo. Fundada há mais de 140 anos, a Zurich tem uma história rica e interessante. Neste texto, você vai conhecer um pouco mais sobre a empresa e entender por que ela é referência...

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​