Publicado em 17/01/ 2022

Como trabalhar com prestação de serviço de transporte?

Economize no Seguro de Carga

Quem deseja trabalhar com prestação de serviço de transporte precisa ter planejamento e saber onde quer chegar. Contudo, na verdade, não se trata de um caminho simples e fácil de concretizar.

Não sei se você já ouviu por aí, mas existe uma frase interessante sobre isso: “Para quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve.

Não tenho certeza de quem é seu autor, mas estou certo de que a frase reflete a realidade de profissionais que desconhecem o caminho de pedras pelo qual percorrem. E, para contornar suas dúvidas, estamos aqui com este conteúdo para tentar te guiar um pouquinho.

Mas talvez você esteja se perguntando aí, agora mesmo: “O que é ter planejamento e saber onde se quer chegar, que você comentou lá no início?” Logo adiante, estas questões serão respondidas. Mas, antes, vamos imaginar que você chegou aqui do zero, e responder a uma outra pergunta.

Prestação de serviço de transporte: o que é?

Prestação de serviço de transporte: O que é?

A prestação de serviço de transporte ocorre quando uma empresa terceiriza a uma outra a realização de um frete até o cliente.

Esse tipo de prestação de serviço de frete pode acontecer por uma empresa transportadora ou por um autônomo. Normalmente, empresas contratam o serviço de fretes, mediante a cobrança, por falta de uma frota própria que possa suprir suas necessidades comerciais e logísticas.

Existem também os transportadores de frota própria, que não terceirizam os serviços de frete e entregam suas cargas por meio de frota e profissionais próprios.

Prestação de serviço de transporte: quais pontos considerar?

Trabalhar com prestação de serviço de transporte requer organização, entendimento sobre o negócio e, acima de tudo, persistência. Sabendo disso, para trabalhar neste ramo, você precisa levar em consideração algumas questões.

  1. Defina o tipo de carga
  2. Realize um planejamento
  3. Conheça sua localização
  4. Defina o tipo de operação
  5. Utilize processos e sistemas para facilitar as operações

1. Defina o tipo de carga

Um dos pontos mais importantes ao trabalhar com prestação de serviço de transporte é definir o tipo de carga. Independentemente de você já estar atuando no setor ou não, precisa reconhecer que este fator norteia todos os demais.

Existem, por exemplo, as cargas pesadas, perigosas, o transporte de veículos, de medicamentos, de mudanças, etc. São várias opções, mesmo. No entanto, não se pode levar em conta apenas o desejo, como também o tipo de transporte – caminhão, utilitário, etc. – que você tem à disposição.

Além disso, é preciso identificar as oportunidades de negócio disponíveis na sua localidade, para evitar imprevistos e não ficar longos períodos sem fretes.

2. Realize um planejamento

Qualquer negócio a ser desenvolvido precisa de um planejamento. No plano de negócios, você precisa descrever quais são os objetivos e o que você precisa fazer para alcançá-los. Nele, você pode escrever as ideias e os passos a serem dados.

Nesse planejamento da prestação de serviço de transporte, você pode incluir informações como:

  • Viabilidade do negócio;
  • Análise de mercado;
  • Pontos estratégicos;
  • Pontos operacionais e financeiros;
  • Diferenciais de mercado.

Trata-se de um pontapé inicial para colocar os seus planos em prática. Assim, é possível você avaliar defeitos, qualidades e o que é favorável ou não no empreendimento.

3. Conheça sua localização

Existem alguns fatores estratégicos de localização que você precisa considerar para prestar serviços de transporte.

Para compreender a viabilidade do negócio na região onde você vive, precisa considerar a facilidade de circulação das cidades – dependendo das suas estratégias de transportação – e também a proximidade com o público-alvo.

Por último – porém, também importante em relação aos demais – você deve avaliar a concorrência que existe nos entornos. Assim, fica bem mais fácil desenhar um modelo de serviço de transporte com altas chances de se sustentar, no longo prazo.

4. Defina o tipo de operação

Existem as cargas fechadas (aquelas que ocupam todo o caminhão) e as fracionadas (pequenos volumes que não o ocupam totalmente).

Dessa forma, o tipo de operação depende do tipo de carga com a qual se trabalha ou irá trabalhar na prestação de serviço de transporte. Além disso, depende também do tipo de veículo disponível.

5. Utilize processos e sistemas para facilitar as operações

A utilização de processos e sistemas pode oferecer ganhos em otimização e qualidade nos serviços prestados. Assim, determinar o processo produtivo, segmentar suas etapas e descrever protocolos são pontos que podem fazer toda a diferença.

E não se engane: ainda que você tenha – ou deseje ter – apenas um pequeno negócio de transportes, pode ser beneficiado com todas as vantagens de um processo otimizado.

Contrato para a prestação de serviço de transporte

No transporte de cargas, a terceirização de serviços é comum. Ela oferece ganhos de eficiência e redução de custos. No entanto, mal entendidos e conflitos podem acontecer, fazendo-se necessário um documento formalizado.

Seguro de carga

E, sinceramente, este é um ponto da prestação de serviço de transporte que você precisa dar a devida atenção.

Continue acompanhando e conheça mais sobre contratos!

O que é um contrato de prestação de serviço de transporte?

Prestação de serviço de transporte de cargas: Entenda como funciona o contrato

O contrato para prestação de serviço de transporte é a segurança jurídica, com cláusulas de deveres e direitos que devem ser garantidos para as partes. Com esse documento, empresas e/ou profissionais se beneficiam com a formalização de suas obrigações legais.

O transporte pode ser de pessoas ou de mercadorias, e o contrato gera a obrigação de que passageiros ou mercadorias sejam transportadas são e salvos, sem quaisquer avarias ou incidentes, ao destino final combinado.

Prestação de serviço de transporte: motorista autônomo precisa de contrato?

Em um mercado ainda não muito profissionalizado, um dos diferenciais que você pode oferecer ao seu cliente na prestação de serviço de transporte é a formalização. O contrato, ao formalizar o serviço, funciona como um intermediário entre as partes.

Além de toda a segurança que você ganha com essa intermediação, adquire um diferencial competitivo interessante, que irá melhorar a fidelização de clientes.

Prestação de serviço de transporte: quais cláusulas não podem faltar no contrato?

Para garantir alinhamento entre as partes e evitar desencontros de informações, existem alguns pontos indispensáveis. Confira:

  • Tipo de prestação de serviço, rotas estabelecidas e exclusividade;
  • Obrigações do tomador e prestadora;
  • Seguros;
  • Preço e pagamento;
  • Despesas;
  • Rescisão e vigência do contrato;
  • Multa.

Se você quiser entender melhor todos esses principais pontos tratados nas cláusulas, acompanhe este material completo sobre como fazer um bom contrato de transporte!

Contrato para o serviço de transporte: quais são os ganhos?

Ao formalizar contratos na prestação de serviço de transporte, você evita certas dores de cabeça que poderia ter ao tratar as negociações apenas no “boca a boca”.

Assim, adquire clareza sobre os riscos envolvidos no processo, evita mal entendidos e conflitos, ganha a confiança do cliente e trabalha com transparência e previsibilidade.

Prestação de serviço de transporte: e se uma das partes descumprir o contrato?

Normalmente – e esta é uma característica da maioria dos profissionais, não apenas do serviço de transportes –, as pessoas não sabem como agir diante de contratos, nem mesmo diante do descumprimento deles. Por essa razão, resolvi criar este tópico.

Você, que já atua com a prestação de serviço de transporte, ou que ainda vai iniciar, precisa compreender os seus direitos legais para saber para onde recorrer, caso isso seja necessário.

Na verdade, uma das cláusulas indispensáveis do contrato se chama “Multa”. Dentro desta cláusula, deve haver todas as especificações das consequências do não cumprimento de qualquer um dos pontos acordados.

Já vamos adiantar para você, de antemão, que a parte que descumprir pode arcar com multas sobre perdas e danos e lucros cessantes. No entanto, reforço aqui a importância de uma orientação profissional, para tirar todas as suas possíveis dúvidas.

Seguros para o serviço de transporte

É necessário ter tranquilidade e segurança em relação aos riscos na prestação de serviços de transporte.

Para isso, seguros garantem o pagamento de indenizações por danos aos itens transportados. Dessa forma, a empresa fica protegida em casos de eventos imprevistos (sinistros), que podem comprometer a operação e gerar prejuízos.

O seguro de transporte é obrigatório?

Na prestação de serviço de transporte, existem alguns seguros obrigatórios. Tratam-se do Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga (RCTR-C), para transportadores, e o Seguro de Transporte Nacional, para embarcadores.

A não contratação de uma apólice deste seguro obrigatório pode impedir você de renovar seu registro na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Seguro para o serviço de transporte: quais as formas de contratação?

  • Cargas avulsas ou embarque único: É indicada para transporte com veículos próprios, agregados ou autônomos. Só pode ser contratado pelo embarcador;
  • Apólices abertas, mensais ou embarque múltiplo: É recomendada para quem realiza transportes de carga com alta frequência. Com apólices abertas, já se encontram definidos os termos e condições do seguro;
  • Apólice anual com prêmio fracionado: Permite o regular ajuste de custos. O seguro é contratado anualmente, e o prêmio é calculado com base na estimativa de embarques para o ano. É recomendada para empresas que realizam vários embarques.

Prestação de serviço de transporte: considerações finais

Prestação de serviço de frete: Considerações finais

A prestação de serviço de transporte pode ser uma excelente fonte de lucro, mas não se pode se deixar enganar e acreditar que as coisas acontecem da noite para o dia.

Mas, se esse é mesmo o seu interesse profissional, não há razão para desanimar. Nosso propósito com este material foi justamente o de te encorajar, mostrando alguns meios para fazer o sucesso acontecer.

Esperamos que o conteúdo sobre prestação de serviço de transporte tenha sido útil. E esperamos também que a questão sobre planejamento, lá do início, tenha sido respondida. Sobre onde se quer chegar, deixamos a resposta por sua conta.

Agora, podemos fazer um último pedido? Comente ali embaixo o que você achou, para que possamos continuar produzindo conteúdos relevantes!

Tenha mais segurança com seguro de carga
Guilherme Bitencourt

Guilherme Bitencourt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​