Publicado em 27/04/ 2022

Veja como funciona o seguro mercadoria e como economizar nos seus transportes

Economize no Seguro de Carga

Muitos embarcadores ou responsáveis por transportes podem não conhecer o seguro mercadoria, embora ele ofereça uma série de benefícios e proteções para as cargas.

A movimentação de objetos está sujeita a diversos riscos, que podem prejudicar não somente sua integridade física, mas também a empresa que solicitou o envio.

Dessa forma, para garantir que as encomendas cheguem aos seus destinos de maneira adequada e protegida, vale a pena conhecer as categorias de apólices que podem ser contratadas para essas operações.

Por esse motivo, entenda melhor como funciona o seguro mercadoria, qual sua função e como ele pode oferecer vantagens para os transportes das suas cargas.

Como funciona o seguro mercadoria?

Apesar do nome, o seguro mercadoria é o mesmo serviço do seguro de cargas, conhecido também pelos nomes de seguro transporte ou seguro de transporte de cargas.

Assim, ao procurar por esse recurso para garantir uma maior cobertura de riscos para as suas encomendas, é possível encontrar a mesma apólice sob nomes distintos.

Com isso, o seguro mercadoria funciona de maneira semelhante às demais contratações de coberturas para cargas. 

Após negócio com a seguradora, as encomendas ficam sob proteção de uma série de cláusulas, que garantem pagamento de indenização no caso de prejuízos envolvendo os objetos durante seu trajeto.

Além de se tratar de uma segurança para serviços entre empresas, contratante e contratada, a apólice também é indicada para possibilidades de roubos, furtos, acidentes e riscos operacionais.

Desde que o contrato apresente cláusulas de cobertura quanto a esses fatores, o responsável pela mercadoria poderá acionar o seguro para quaisquer sinistros e receber a devida indenização por isso.

O seguro mercadoria é obrigatório?

seguro mercadoria é obrigatório

Sim, o seguro mercadoria possui contratação obrigatória em operações de transporte.

Muitas transportadoras podem questionar se esse serviço é obrigatório como outras apólices. Contudo, uma vez que se trata do mesmo seguro de cargas, a sua exigência se mantém de acordo com as leis de transporte rodoviário.

Qualquer tipo de movimentação de carga em território nacional demanda uma apólice de seguro, e a legislação diz respeito tanto ao transportador quanto ao embarcador.

Segundo o artigo 20 do Decreto-Lei nº 73/1966 e o artigo 10 do Decreto nº 61.867/1967, são obrigatórios o Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga (RCTR-C) para transportadores e o Seguro de Transporte Nacional para embarcadores.

Ainda, as organizações que não cumprem a legislação podem não estar aptas a renovar seu registro junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e podem ser multadas.

Como economizar no seguro mercadoria? 6 dicas!

Uma vez que o seguro mercadoria é obrigatório, as empresas podem buscar alternativas para economizar com a apólice e ter menos prejuízos nas operações do dia a dia.

Por isso, vale a pena conhecer algumas dicas para reduzir os custos:

1. Leve em conta o Gerenciamento de Risco

O gerenciamento de risco é uma prática que estabelece um conjunto de medidas preventivas adotadas por uma empresa com o objetivo de diminuir os perigos da operação de transporte.

Nesse caso, trata-se de uma avaliação inteligente de gestão, para amenizar possíveis prejuízos.

Essa análise leva em consideração todos os itens relacionados ao transporte, como:

  • Tipos de veículos;
  • Mercadorias;
  • Motoristas;
  • Trajetos;
  • Valores envolvidos;
  • Armazenagem;
  • Tempo de viagem.

Dessa forma, é possível não apenas calcular os riscos, como também verificar estatísticas e outros dados concretos sobre aquela operação.

Assim, evita-se utilizar o seguro mercadoria e expor as encomendas a riscos desnecessários, que podem ser evitados com um gerenciamento analítico.

2. Utilize rotas mais seguras

Seguindo gerenciamento de risco, uma das principais dicas para economizar com custos e com o seguro mercadoria é utilizar as rotas mais seguras.

Sinistros relacionados à confiabilidade do trajeto estão entre os mais comuns, e, para evitar esse tipo de prejuízo, recomenda-se escolher os caminhos mais protegidos.

Dessa forma, a encomenda ficará segura durante a movimentação, o que proporciona menos riscos de roubos, furtos ou avariações.

Em consequência, não será preciso acionar o seguro mercadoria e, eventualmente, perder parte do valor do pacote, que pode não ser recuperado integralmente na indenização.

Essa análise deve ser feita utilizando-se de uma série de fatores, como período de transporte, prazo para entrega e veículo, por exemplo. Com isso, a escolha das rotas mais seguras pode integrar o planejamento da operação, sendo uma dica essencial.

3. Mantenha a apólice de seguro mercadoria sempre atualizada

apólices de seguro mercadoria

Enquanto isso, é importante manter a apólice do seguro mercadoria sempre atualizada, para evitar prejuízos futuros.

Embora a adição de cláusulas possa parecer um gasto adicional para a empresa, sua inclusão garante indenização e suporte integral no caso de sinistros com o transporte.

Desse modo, não ter um contrato atualizado pode abrir brechas para a empresa, causando mais prejuízos do que computados nas cláusulas.

Seguro de carga

Além disso, as necessidades da transportadora podem variar de acordo com cada serviço, e, nesse caso, atualizar o contrato regularmente garante plena cobertura para todas as demandas.

Esse contato pode ser feito diretamente com uma corretora de seguros ou com a seguradora, de maneira mais simples do que uma contratação completa.

4. Dê preferência às apólices mensais

Muitas apólices trazem a preferência de contratos anuais, e isso pode incluir o seguro mercadoria. No entanto, uma dica para economizar com esse serviço é realizar contratos mensais.

Essa categoria é menos comum no mercado, mas ainda está disponível para que o contratante opte por uma segurança mais pontual. Isso facilitará nas operações de atualização contratual, por exemplo, além da revisão das cláusulas necessárias para cada mercadoria.

Os serviços podem apresentar valores distintos, além de outras dinâmicas e análises, o que também influencia no seguro.

Contudo, ter um contrato imutável para longos períodos proporciona maior burocracia na sua atualização ou revisão.

Por esse motivo, vale a pena considerar essa preferência no momento de selecionar a seguradora e os serviços que ela oferece para suas operações de transporte.

5. Ofereça um bom treinamento aos motoristas

Proteger uma encomenda durante o transporte é essencial, mas não é o único fator que influencia na segurança da operação.

Assim, é essencial oferecer um bom treinamento aos motoristas envolvidos durante a movimentação da carga.

Dessa forma, os colaboradores poderão saber como agir a fim de evitar sinistros ou condições perigosas, que coloquem em risco a carga e a sua vida.

Um treinamento eficiente deve abordar pontos como:

  • Direção consciente;
  • Práticas defensivas para condições de risco;
  • Como acionar a apólice, se necessário;
  • Medidas de segurança na direção;
  • Técnicas para movimentar a carga de maneira correta.

Uma série de fatores pode levar a um prejuízo de carga, e, mesmo com o seguro mercadoria, os custos ainda podem ser altos para a empresa.

Por esse motivo, treinamentos periódicos e de acordo com a responsabilidade da operação são necessários para evitar gastos no futuro.

6. Faça uma simulação do seguro mercadoria

simulação de seguro mercadoria

Por fim, uma dica prática para economizar na contratação do seguro mercadoria é fazer simulações dos preços dos serviços.

Isso permite que a empresa encontre o melhor valor para as suas condições, e evite gastos superiores com apólices que possuem acesso mais em conta no mercado.

Esse tipo de análise pode ser feita mais facilmente por meio de um simulador virtual, disponível no site da Mutuus Seguros.

Além de permitir comparar preços, a ferramenta também auxilia na identificação das apólices mais indicadas para as suas condições, o que proporciona mais economias.

Seguro mercadoria: Como contratar?

Por fim, depois de conhecer mais sobre o seguro mercadoria, é possível contratá-lo de maneira mais acessível.

Em primeiro lugar, é necessário acionar uma corretora de seguros devidamente certificada.

Geralmente, o contato inicial ocorre preenchendo alguns formulários de avaliação, que permitem ao consultor entender as demandas da transportadora.

Algumas das informações incluem:

  • Origem e destino da mercadoria;
  • Tipo da mercadoria;
  • Data da operação;
  • Valor total da mercadoria;
  • Dados da empresa.

Em seguida, a contratante também poderá incluir dados como valor máximo e outros detalhes das viagens. Dessa forma, desde o início da contratação será possível encontrar os produtos ideais para atender ao transporte.

É importante lembrar que, para o seguro mercadoria e outras apólices obrigatórias, é necessário ter registro na ANTT

Assim, todo o transportador rodoviário remunerado de cargas deve se cadastrar no Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC).

Além disso, a cotação pode vir acompanhada de uma carta de nomeação, pois as seguradoras atrelam o CNPJ do cliente a um único corretor. Contudo, todas essas burocracias podem ser resolvidas com o auxílio de um consultor experiente, que irá orientar a empresa durante a escolha das cláusulas.

Por fim, basta concluir a contratação com a apólice desejada e suas devidas modalidades, para que a operação esteja devidamente protegida.

Apesar de se tratar de um processo simples, é importante que a transportadora ou embarcadora opte por uma seguradora confiável.

Desse modo, terá a certificação de que o seguro mercadoria é um serviço de qualidade, além de todo o suporte necessário para lidar com as ocorrências da melhor maneira possível.

Por isso, conte com as apólices da Mutuus Seguros, e utilize nosso simulador de seguros para encontrar a solução mais em conta.

Tenha mais segurança com seguro de carga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​