Publicado em 05/04/ 2022

Seguro de carga: como funciona? Dúvidas frequentes sobre o seguro

Economize no Seguro de Carga

Seguro de carga: como funciona? Quando o assunto é o seguro transporte, é comum que surjam dúvidas. Por exemplo, qual o valor do seguro de carga? Quem paga o seguro de carga? Estas são perguntas frequentes que eu mesmo pude conferir no Google, enquanto fazia a minha pesquisa para escrever este conteúdo.

Uma coisa é fato: contratar a apólice de seguro de carga é indispensável. Mas é indispensável não apenas por causa de alguns tipos de seguro serem obrigatórias, mas pensando na segurança e proteção do serviço de transporte.

Neste material, eu vou tirar suas dúvidas sobre o seguro de carga, como ele funciona e facilitar tudo o que for possível para a hora de você contratar sua apólice. Vamos lá? Continue acompanhando para não perder.

Afinal, como podemos definir um seguro de carga?

Antes de falar sobre como funciona o seguro de carga, vale a pena dar um passinho atrás e definir o que é o seguro transporte. Nesse caso, nada melhor do que deixar a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) fazer essa definição.

“O seguro de transportes garante ao segurado uma indenização pelos prejuízos causados aos bens segurados durante o seu transporte em viagens aquaviárias, terrestres e aéreas, em percursos nacionais e internacionais. A cobertura pode ser estendida durante a permanência das mercadorias em armazéns.” (Grifo nosso)

Dessa forma, o seguro de carga é responsável por minimizar uma série de riscos operacionais que estão envolvidos ao serviço de transporte de cargas. O seguro está ao lado de outras importantes estratégias usadas por gestores para a prevenção de riscos que podem, inclusive, afetar o caixa da empresa.

Seguro de carga: como funciona?

Aqui, para você entender como funciona o seguro de carga, vale a pena falar sobre as partes envolvidas. Basicamente, ele se baseia em três: a primeira parte é o contratante do seguro, que pode ser o dono da carga (embarcador) ou o transportador.

A segunda é a empresa seguradora, responsável por emitir a apólice e assumir o risco perante o contratante. A corretora é a terceira e, por sua vez, cumpre a intermediação entre seguradora e contratante no decorrer da operação.

Ao falar como sobre como funciona o seguro de carga, não se pode esquecer que o embarcador e transportador cumprem papéis distintos. O embarcador contrata o Seguro de Transporte Nacional (obrigatório) ou Internacional (facultativo). O transportador, por sua vez, deve contratar os seguros de responsabilidade civil.

Como funciona a obrigatoriedade do seguro de carga?

Acabamos de dar um spoiler ao mencionar sobre a obrigatoriedade dos seguros de carga, não é? Então, vamos logo seguir falando sobre como funciona o seguro de carga obrigatório.

É importante saber que existe seguro obrigatório para embarcador e seguro obrigatório para transportador. O seguro obrigatório para embarcador é o Seguro de Transporte Nacional, sobre o qual acabamos de comentar brevemente. Ele prevê a indenização diante de perdas e danos em viagens nacionais.

Já o seguro obrigatório para transportador é o RCTR-C (Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga). Qualquer empresa de transporte que possui registro na ANTT deve contratá-lo.

Além do RCTR-C, existem seguros para outros modais de transportes cuja obrigatoriedade é prevista na lei. E vale dizer que a obrigatoriedade desses seguros é determinada pelo artigo 20 do Decreto-Lei nº 73/1966 e artigo 10 do Decreto nº 61.867/1967.

Seguros de carga: como funcionam as coberturas?

seguro de carga como funcionam as coberturas

De modo geral, a depender da apólice, um seguro de carga para transportador pode incluir coberturas para avarias, acidentes, limpeza de pista e para roubo de mercadorias.

No caso do embarcador, as coberturas de seguros de carga funcionam de modo um pouco diferente: ficam divididas entre Cobertura Básica Ampla (A), Cobertura Básica Restrita (B) e Cobertura Básica Restrita (C).

Se você deseja saber mais sobre como funcionam as coberturas do seguro de carga, recomendo que você leia este conteúdo completo com tudo sobre o assunto.

Qual o valor do seguro de carga?

Em geral, o valor do seguro de carga mensal costuma variar entre R$500 e R$1.000.

Seguro de carga

Mas lembre-se de que é apenas uma média! Para entender como o valor do seguro de carga realmente funciona, deve-se considerar uma série de aspectos como o tipo da carga, a idade média da frota, destino da mercadoria, coberturas, entre outros.

Além deles, também é somado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Todas essas variáveis são utilizadas pela seguradora na hora de definir o prêmio de seguro – o valor pago pelo segurado pela apólice de seguro de carga.

Prêmio mínimo mensal no seguro de carga: como funciona?

No seguro de carga, o prêmio mínimo mensal nada mais é do que o resultado desse cálculo que explicamos há pouco. Trata-se do valor que o segurado precisar pagar mensalmente à seguradora para garantir sua apólice de seguro de carga mensal.

Quem paga o seguro de carga?

Agora você vai entender como funciona o pagamento do seguro de carga. Ele é feito basicamente por uma das figuras responsáveis pela contratação – que, conforme já comentamos lá atrás, pode ser o embarcador ou transportador.

Como funcionam os seguros de cargas e o seguro de veículos?

Profissionais mais leigos e, possivelmente, inexperientes, podem se confundir e ter dificuldade em diferenciar um seguro de carga do seguro de veículos.

É necessário entender primeiro que um seguro de cargas funciona para assegurar apenas os bens e mercadorias em trânsito no serviço de transporte. Dessa forma, em caso de prejuízos decorrentes a roubos ou acidentes, o valor indenizatório é previsto.

Por outro lado, o seguro de veículos funciona para a cobertura por danos relacionados ao veículo de transporte em si e deve ser contratado pelo proprietário. Suas coberturas incluem guincho 24h, socorro móvel e indenização por danos a terceiros, por exemplo, além de outras assistências.

Ambos seguros funcionam com contratação através de uma corretora de seguros.

Seguro de carga: como funciona o sinistro no seguro?

como funciona o sinistro no seguro de carga

As situações em que bens e mercadorias sofrem avarias e danos previstos na apólice (sejam durante ou carregamento ou no transporte) são chamadas de sinistro. A ocorrência de um sinistro deve ser comunicada imediatamente à seguradora ou à corretora de seguros.

Funciona assim: primeiramente, o segurado entra em contato com a seguradora para informar sobre o sinistro ocorrido. Depois, é necessário que ele envie um pedido de indenização junto aos documentos comprobatórios sobre a perda ou dano sofrido.

A seguradora, depois de receber a documentação, inicia um processo de avaliação do sinistro. Nessa avaliação, ela observa os danos sofridos e realiza uma análise das coberturas definidas para, em caso de indenização, poder fazer a liquidação – o pagamento do valor indenizatório.

Depois do recebimento de toda a documentação, a seguradora tem o prazo máximo de 30 dias para efetuar o pagamento do valor indenizatório.

Como funciona a cotação e contratação de um seguro de carga?

Contratar um seguro de carga ficou muito mais fácil com a Mutuus Seguros. Tudo funciona de forma simples, ágil e transparente. Para começar, é só preencher o nosso formulário online com a informação sobre o seu frete e mercadorias.

A cotação do seguro de carga funciona assim: quanto mais informações você nos fornece, melhores descontos você recebe no seu seguro. Além disso, contamos com um time especializado no produto para oferecer o atendimento personalizado que você precisa, na hora de contratar.

Não perca mais tempo. Transforme o seu jeito de cotar e contratar seguros com a Mutuus. Fale com um especialista em seguro transporte hoje mesmo.

Tenha mais segurança com seguro de carga
Guilherme Bitencourt

Guilherme Bitencourt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​