Publicado em 15/07/ 2021

Seguro de caminhão x seguro de cargas: você conhece as diferenças?

Economize no Seguro de Carga

Ao fazer o transporte de cargas por meio rodoviário é preciso se precaver para que os imprevistos não tragam muitos prejuízos. Nesse sentido, é fundamental contar com o seguro de caminhão e o seguro de cargas.

Afinal, o transporte rodoviário é o mais utilizado para a entrega de mercadorias e cargas no Brasil. E esse tipo de serviço enfrenta diversos perigos: estradas com pouca manutenção, longas horas de trabalho e os riscos inerentes às viagens.

Por isso, entender como funciona o seguro de caminhão e o seguro de cargas é fundamental. Conheça a seguir cada um deles, suas principais características e diferenças!

Como funcionam os seguros?

Antes de entender como funciona um seguro de caminhão, é importante conhecer os seguros de forma geral. Esse serviço é contratado com empresas especializadas, as seguradoras, e pode ser intermediado pelos corretores de seguros.

Ele tem a finalidade de garantir um reembolso caso haja danos ao bem segurado em situações específicas. Eles também podem oferecer algumas facilidades para socorro no caso de sinistros e outros problemas.

Os sinistros que são passíveis de reembolso ou de serviços são denominados cobertura. Já o contrato de um seguro é chamado de apólice — documento em que são definidas todas as regras a respeito da contratação.

Para ter acesso ao seguro, o segurado precisa pagar a seguradora e essa remuneração é chamada de prêmio. É possível contratar um seguro para diversos bens, os mais conhecidos são os de automóveis e caminhões, de vida, residenciais etc.

O que é o seguro de caminhão?

Seguro de caminhão

O seguro de caminhão é aquela apólice que visa trazer coberturas para esse meio de transporte. Ou seja, ele é da modalidade veicular e cobre os prejuízos causados ao bem, além de poder oferecer determinados serviços e soluções.

Para contratá-lo é preciso procurar uma corretora especializada para fazer uma cotação. Nessa hora, serão necessários dados importantes sobre o caminhão e o proprietário, tendo em vista que isso pode alterar valores ou coberturas.

A corretora informará os planos possíveis e as seguradoras que podem ser contratadas, além do prêmio. Assim, o caminhoneiro poderá avaliar as possibilidades e escolher aquela que traz melhor custo-benefício.

Vale a pena destacar que é o proprietário do caminhão que realiza essa contratação. Contudo, se o seguro for para frotas, empresas jurídicas responsáveis podem oferecer o serviço a seus colaboradores.

Quais são suas principais coberturas?

Como cada seguradora oferece serviços e apólices diferentes, a quantidade e tipo das coberturas variam de uma para outra. Contudo, existem algumas mais comuns, que são indispensáveis para os proprietários.

Nesse sentido, as principais coberturas são a de colisão, roubo, furto e incêndios. Dessa forma, quando houver prejuízo ocasionado por esses sinistros, o proprietário será indenizado. Mas é importante saber que elas são relacionadas ao caminhão, e não à carga transportada. 

O valor da indenização também depende de cada apólice e do sinistro que ocorreu. Por isso, é fundamental ter uma boa corretora para escolher os melhores serviços e sempre analisar o contrato.

Além dessas coberturas, o seguro pode proporcionar outras indenizações e serviços aos segurados. Veja alguns exemplos:

Seguro de carga
  • guincho 24 horas;
  • socorro móvel como mecânicos, eletricistas e chaveiros;
  • indenização para danos aos vidros;
  • indenização por danos a terceiros;
  • indenização por lucros cessantes;
  • assistência residencial, diárias etc.

Como você viu, essas coberturas e serviços devem ser aceitas pelo segurado. Isso pode aumentar o valor do prêmio e trazer algumas restrições que precisam ser conhecidas de antemão para contar com um bom serviço.

O que é o seguro de carga?

Como o nome indica, o seguro de carga visa indenizar os prejuízos com as mercadorias, produtos e itens transportados pelo veículo. Ou seja, ele não é da modalidade veicular como o seguro de caminhão, mas sim dos bens em trânsito.

O reembolso do seguro serve tanto para os embarcadores, que são os donos das mercadorias, quanto para as transportadoras, que viabilizam o transporte. Contudo, vale lembrar que as coberturas são válidas enquanto os produtos estão em trânsito.

Uma questão muito importante sobre o seguro de carga é a sua obrigatoriedade. Desde o Decreto Lei n.º 73 de 1966, os responsáveis pelo transporte devem contratar o seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga (RCTR-C).

No entanto, os embarcadores também podem contar com um seguro de carga, contratado à parte. Assim, as coberturas serão diferentes e adequadas para cada modalidade de serviço.

Da mesma maneira que o seguro de caminhão, a contratação também é feita por intermédio de uma corretora. Então, a carga e o transporte serão avaliados para definir todas as regras e condições da apólice.

Quais são suas principais coberturas?

Seguro de caminhão: coberturas

O seguro de cargas também possui coberturas básicas e adicionais. A RCTR-C é válida em todo o território nacional e protege contra perdas e danos referentes à carga transportada. Logo, sinistros como capotagens, tombamentos, incêndios, explosões e colisões são segurados.

Porém, algumas coberturas podem ser adicionadas dependendo da natureza da carga por determinação da seguradora. Entre elas estão o transporte de animais vivos, peças artísticas, mudanças residenciais, bebidas etc.

As coberturas adicionais podem incluir outros riscos e serviços específicos da seguradora. Conheça os principais exemplos:

  • risco de avarias;
  • paralisação de máquinas frigoríficas;
  • assistências à carga;
  • transporte de cargas especiais;
  • operações de descarga e içamento.

Quais são as diferenças entre o seguro de caminhão e o seguro de carga?

Diferenças entre seguro caminhão e seguro de carga

Depois de aprender como funciona cada seguro é possível compreender melhor as suas principais diferenças. A distinção mais importante entre eles é o objeto segurado: um oferece proteção ao veículo e o outro é destinado à mercadoria.

Dessa forma, são dois objetos diferentes — que também são contratados de formas distintas. Enquanto o seguro de caminhão é de responsabilidade do proprietário do veículo, o seguro de cargas costuma ser contratado pela transportadora.

Ademais, o seguro de caminhão também pode oferecer cobertura de danos a terceiros e passageiros do veículo. Já o seguro de cargas visa somente a mercadoria, então danos às pessoas envolvidas não são cobertos.

Entendeu a diferença entre o seguro de caminhão e de cargas? Agora você já pode avaliar se eles fazem sentido para o seu negócio. E, para garantir a melhor escolha, não esqueça de contar com uma corretora especializada para ter mais segurança e menos custos!

Ficou interessado em fazer cotações com uma corretora de confiança?

Tenha mais segurança com seguro de carga
Guilherme Bitencourt

Guilherme Bitencourt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tags

Compartilhe este conteúdo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Posts Relacionados

Continue aprendendo
com os
melhores

Deixe o seu e-mail abaixo e continue atualizado com o melhor conteúdo da área​